Solução Telhado Verde

PORQUE USAR O TELHADO VERDE ?

Em primeiro lugar,os telhados verdes  integram todas as vantagens de um jardim suspenso, como a captação de água da chuva,  a captação da energia solar e muitos outros benefícios.Além disso,  funcionam como um isolante  termo-acústico, contribuindo para o conforto  do micro e macro ambiente. Por esta razão, são uma ótima solução para a redução das ilhas de calor nos centros urbanos, diminuindo o consumo do ar condicionado . Absorvem 30% da água da chuva e como resultado, reduzem a chance de enchentes nas cidades.  Agem também como purificador da poluição urbana, e  podem ser usados para tratar os efluentes (esgoto) produzidos na edificação.Neste caso, é recomendado que sejam instalados em uma laje plana, utilizando impermeabilização em PVC com capacidade de formar uma cisterna para reuso de água da chuva e proteção anti-raízes.

 

DO QUE SÃO FEITOS?

Enquanto os sistemas convencionais usam grandes camadas de terra ou substrato, o sistema que adotamos foca na armazenagem da água da chuva e na reciclagem de águas cinzas ou negras do próprio prédio. Por isso, pode ser classificado como um sistema semi-hidropônico.

Ele evita o acúmulo desnecessário de sobrepeso gerado por meio de terra ou substrato porque armazena a água na própria laje, embaixo da vegetação. É sempre indicado ter impermeabilização de PVC própria para telhados verdes, onde há total proteção anti-raízes.

Todos estes benefícios contribuem para uma amortização do investimento,  e acima de tudo, agrega valor a imagem institucional a empresas que valorizam e respeitam o meio ambiente.

Ao associar a compostagem dos resíduos orgânicos ao Telhado Verde, a Natura adotou uma solução altamente sustentável em seu Centro de Distribuição de Uberlândia, reduzindo a carga de resíduos enviados ao aterro sanitário, transformando-os em resíduo orgânico.

 telhado-verde-miguel-lancho
 A vegetação escolhida atende as seguintes requisitos:
-Plantas usadas nos produtos Natura;
– Plantas Nativas;
– Plantas adaptadas às condições climáticas da região;
– Plantas de baixa manutenção.


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *